Formação em contexto de trabalho

A Formação em Contexto de Trabalho, nos termos da alínea d) do n.º 2 do artigo 6º da Portaria 235-A/2018 de 23 de agosto, integra um conjunto de atividades profissionais relevantes para o perfil profissional associado à respetiva qualificação do curso frequentado pelo/a aluno/a, desenvolvidas sob coordenação e acompanhamento da escola. A FCT realiza-se nas entidades de acolhimento, em períodos de duração variável ao longo ou no final da formação, enquanto experiências de trabalho, designadamente sob a forma de estágio.

No Instituto de Gouveia há a consciência da importância desta componente de formação, uma vez que será através desta que o/a aluno/a conseguirá confrontar as suas aprendizagens com a realidade, desenvolver e aperfeiçoar competências, bem como, consolidar a sua formação, sempre numa perspetiva de aperfeiçoamento e de adequabilidade às exigências do mercado de trabalho, desenvolvendo-se simultaneamente o seu nível de responsabilidade.

A FCT assume, no Instituto de Gouveia, uma maior importância ao longo do curso, tendo maior duração no último ano curricular, assumindo diferentes formas de implementação e critérios de avaliação consoante os objetivos a atingir e as estratégias consideradas eficazes em conformidade com os planos curriculares e o perfil de saída de cada técnico, e encontra-se regulamentada no documento interno da escola Regulamento da Formação em Contexto de Trabalho, que pode ser consultado AQUI.

Consultar REGULAMENTO FORMAÇÃO EM CONTEXTO DE TRABALHO (PDF)